menu close menu

Catequese de Maria: modéstia no vestir

[tps_header][/tps_header]



 

Escutemos com docilidade este diálogo entre uma alma e a nossa Rainha Imaculada, como se fosse para cada uma de nós, estes celestes conselhos.

“Quem como Deus?”
 
                 “Só Deus, filhinha, só Deus.”
 
                 “Senhora Maria?”
 
                 “Aqui Estou, filhinha. Venho dar-te os recados do Altíssimo.”
 
                 “Falai, Senhora. Vossa serva escuta.”
 
                 “Esta é a nossa quarta aula sobre a modéstia. Como publicaste aquela (1), venho dar-te as outras. Hoje será sobre a modéstia no vestir.
 
                 O vestuário, filha, é muito importante para Deus, ao contrário do que muitos pensam. Do mesmo jeito que é na Terra, onde a roupa distingue as pessoas, a roupa distingue os filhos de Deus dos pagãos.
 
                 A calça, Minha filha, é muito imodesta. É a arma do demônio para seduzir os corações dos homens, para levá-los ao adultério, porque disse Meu Filho: “Ai do homem que deseja uma mulher no coração, já adulterou com ela em seu coração.”. Há tantas almas, filha, que vão para o inferno por este pecado hoje em dia! Homens casados deixam-se levar pelas seduções malignas. Mesmo os solteiros, se cobiçam uma mulher com desejo malicioso, pecou em seu coração. O adultério é pecado mortal. O homem solteiro não é dono da mulher que cobiça, mas pensa nela como se fosse sua, isto é adultério. Roubo e pecado da carne, dois pecados num só. Se é tão criminoso desejar, como não o será seguir os seus desejos? Não são poucos os que o fazem hoje em dia. Minha filha, a mulher é a grande culpada, como o foi Eva pela ruína de todo o gênero humano. O diabo ofereceu-lhe a maçã e ela comeu, aceitou-a. Depois, deu a provar ao homem. Hoje, a mulher aceita as sugestões malignas da moda e dá ao homem ocasião de pecar junto com ela. E assim são muitos homens arrastados ao inferno por uma mulher mal vestida. No inferno, a pena da mulher é dupla. Por cada homem que ela levou, sua pena é aumentada. 
[tps_title][/tps_title] 
                 Eu Sou Maria, a Mulher por excelência. Fui dada como exemplo para todas as mulheres. Sigam-Me, filhas, e sereis santas de corpo e de alma. Não useis vosso corpo como instrumento de pecado. Digo-vos, filhinhas, que sereis como Anjos na Terra, vestindo-se decentemente por Amor a Meu Jesus e a Mim. Cada mulher mal vestida é um flagelo para Meu Jesus e um espinho no Meu Coração, este Coração que tanto vos ama.
 
                 Do mesmo jeito que fui chamada a trazer a salvação, vós também sois chamadas. E sabeis por quê? Vós podeis salvar vossos irmãos pelo bom exemplo. Principalmente vós, mulheres. Tendes a missão de corredentoras Comigo. Sereis anjos da guarda, sereis Minhas filhas prediletas, sereis salvadoras e herdeiras do Céu. Tudo isto sereis por uma escolha modesta no vestuário.
 
                 Vós, minhas virgenzinhas, vesti-vos como Eu. Mostrai ser Minhas filhas, imitando-Me. Sois chamadas ao matrimônio? Santificareis a vós mesmas e aos vossos maridos, sendo modestas de corpo e alma, guardando a Pureza para este estado a que Deus vos chamou. Filhos de pais santos são santos. Assim, sereis uma família toda do Céu.
 
                 Minhas filhas, compreendei que vossa Mãe quer vosso bem. Não é filha de Deus quem o envergonha e desobedece. Leiam Deut. 4,5. Deus vos pede a modéstia, a Pureza, porque Ele é Espírito Puro. Tenhais, filhas, o cuidado de seguir Meus conselhos e sereis salvas, porque Eu tenho palavras de Vida.
 
[tps_title][/tps_title]                 Usai vestidos modestos que cubram vosso corpo, Templo do Espírito Santo. Vede, filhas: O Sacrário é todo guarnecido porque guarda o Rei dos Reis. Guarnecei também vosso corpo que é de Deus, é Templo de Deus. Foi feito à Imagem e Semelhança d’Ele.
 
                   Tenhais, filhinhas, saias modestas que escondam vossas formas, de modo a não serdes pedra de tropeço para alguém.
 
                 O que é modéstia no vestir? É também o desuso de extravagâncias nos adornos e nas vestes. Usai, filhas, adornos modestos e vestes simples, não muito enfeitadas. O vosso enfeite e a vossa beleza estejam no interior e transparecerá também no exterior. Aprendei a modéstia com vossa Mãe e cobri a cabeça para falar com Deus. Usai véus, sim, filhas, porque assim é a vontade de Deus. E vereis que assim, vossa beleza feminina será muito realçada. O amor embeleza as criaturas, o amor pela vontade de Deus e não aqueles adornos vazios que em nada contribuem para a beleza interior que tanto agrada a Deus.
 
                 Olhai Minhas filhas que estão nos Céus, buscai também modelo nelas. Vejam que não há nenhuma imodesta Comigo, porque as imodestas não são Minhas filhas, não Me seguem e não as conheço.”
 
                 “Senhora, quais são as regras para uma roupa modesta?”
 
                 “Filhinha, que o vestido não mostre nada mais que o antebraço, não seja decotado, e seja abaixo dos joelhos no mínimo três dedos. Que ele cubra delicadamente as vossas formas, sem deixar transparece-las. A mesma regra para a blusa e para a saia.
 
                 Ser modesta, Minha filha, é difícil hoje em dia, por isto, há um prêmio maior para as que são modestas neste mundo se hoje.
 
                 Sou a Mãe das almas puras. Pureza também quer dizer modéstia, pudor. Eu as guardo e, quando preciso, carrego-as em Meus braços. Faço-as santas como Eu Sou, Eu, Sua Mãe.
 
                 Termina aqui nosso catecismo de hoje, filhinha. Um abraço em todas as Minhas filhas. Minha bênção de Mãe e Rainha: Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
 
                 Fique com Deus e a Minha Paz, filhinha.”
                 “Amém!”
————–

Fonte aqui


Outras catequeses marianas podem ser encontradas aqui.[tps_footer][/tps_footer]

Share This:

Comments Off on Catequese de Maria: modéstia no vestir